19 janeiro 2015

Sou magrela sim, e daí?



Olívia palito, vara pau, tripa seca, o vento levou, cabo de vassoura, saracura, tripa escorrida, Carolina da perna fina - amo esse - [...] Você é tão magra que serve de grafite pra minha lapiseira! Você é tão magra que sua mãe te confunde com a linha de costura! Você é tão magra que [...]

Na escola, lá pelo ensino fundamental, sempre fui zoadinha pelos amigos e colegas. Pra falar a verdade verdadeira, eu nunca dei muita bola não, nem ficava revoltada e corria pra chorar no banheiro. Eu até ria junto, acredita? É como diz o velho ditado: "se não pode contra os inimigos, junte-se a eles". Meu problema começou quando minhas melhores amigas estavam se desenvolvendo e eu ainda parecia uma tábua. Poxa, eu também queria um pouquinho de bunda pra preencher minha calça jeans, sabe? E eu não queria sentir meus braços sambando em casacos compridos... Que mundo injusto.

Pra achar roupa então? Misericórdia, que sacrifício. Era uma luta entre a seção infantil e a seção adulta. Se 16 ficava curta, a 34 ficava folgada. Lembro que lá pelos 11/12, que é quando hoje em dias as meninas criam "corpo", eu tinha vários truques que hoje me fazem rir pra caramba... Eu usava leggings por baixo das calças jeans pra que elas não ficassem tão folgadas (Que coisa horrível, no calor era péssimo, e era uma luta pra sentar sem que ninguém visse as leggings por baixo), já cheguei a botar dois sutiãs - um pra fingir que eram peitos, outro pra segurar os peitos falsos -, já usei manga comprida no verão só pra não mostrar meus bracinhos finos... E assim vai indo. 

A zoação dos amigos parou quando comecei o ensino médio, mas os comentários ainda persistiam... E acho que foram eles que doeram de verdade. Comentários do tipo: "Você tá anoréxica! Vai se tratar!" ou "Nossa, como você é magra! Não come direito?" podem ser considerados exemplos. Eu sempre comi bem! Até me chamavam de magra de ruim, pra vocês verem... A minha magreza é pura genética ou culpa do metabolismo rápido - eis uma dúvida eterna, mas que nem faz tanta diferença. 

Teve uma época da minha vida que eu queria porque queria engordar, foi naquela época da pré-adolescência quando os meninos passam a notar com outros olhos as menininhas. Eu estava pesando 50kg, medindo 1,60m e me sentindo completamente insatisfeita. Mas nada, repito: nada, do que eu fazia adiantava. Minha mãe comprou uma vitamina que prometia engordar, tomei um dia e quase morri (sério, fui pro PA e tudo)... Aí em um belo dia, eu cansada de todas as tentativas frustradas e exausta de desgostar do meu corpo, olhei pro lado e vi pessoas que me amavam, sabe? Vi meus amigos de verdade que riam das minhas piadas toscas, vi meus pais orgulhosos da filha magrelinha, vi meninos que me admiravam pelo que eu era por dentro e notei o que todo mundo deveria notar: Eu não preciso mudar!

Notei que eu me amava  Notei que eu amava usar 34, amava poder comer o que queria sem engordar, amava a minha perna fina, amava meus braços finos, meu peso, meu eu. Eu só queria mudar pra alcançar uma imagem idealizada, um padrão impossível e inexistente. E quando notei que isso tudo era só embalagem, eu desencanei e fiquei feliz. 

O que ser gorda/magra muda na minha vida? Pois é, cheguei a conclusão que não muda absolutamente nada. Eu vou continuar sendo escandalosa, atrapalhada e estabanada  E como sei que provavelmente serei magra pra sempre, o jeito é se aceitar, né? Olhei no espelho e vi a pessoa que eu sou, uma garota magrela sim! E daí?


Há quem diga que as gordinhas sofrem, mas eu digo que as magras sofrem muito mais... Sabe por quê? Porque sempre tem alguém pra defender uma mulher acima do peso que foi chamada de gorda, mas nunca uma abaixo do peso que foi chamada de magrela. Esses dias vi no facebook uma imagem com a seguinte legenda: "Corpo ideal na década de 50", e na foto uma mulher nada magra. Cliquei nos comentários e sabe o que me revoltou? Coisas do tipo: "ISSO É QUE É MULHER, QUEM GOSTA DE OSSO É CACHORRO!". Pega leve, cara, eu só tenho osso mesmo

Outra coisa que preciso esclarecer: Não é porquê sou magra que eu sou anoréxica ou bulímica. Por favor, digite no google sobre essas doenças (são doenças) e leia, porque você está desatualizado. Não é porquê sou magreluda que não sou saudável, viu? Meus exames dizem que sou até mais saudável que você, com meu IMC abaixo e tudo. 

E se você tá passando pelo que passei, quero deixar um recado que vou dividir em duas categorias:

Se alguém te ofender por causa do seu peso, não se preocupe... O problema, na realidade, nem é você. Porque convenhamos, se uma pessoa te destrata pelo seu corpo é porque ela não está nada feliz com o dela. Essa é a única explicação lógica pra alguém que prefere perder tempo criticando o outro.

 Olhe pro lado como eu fiz e veja quantas coisas você já conquistou, mesmo com esse peso pena... Foram tantas, né? E o que ser menos magra ajudaria nisso tudo? Absolutamente nada. A vida tem sentido aqui dentro, o que é válido está por detrás da sua pele. Não se preocupe em alcançar um objetivo idealizado pela sociedade, essas coisas se perdem na estrada da vida, entende? Nenhum homem dura com uma mulher só pela aparência, nenhum casamento se sustenta assim. Amizades não olham cor de olho, de cabelo e muito menos peso. E acima de tudo, Deus realmente não se importa com quantos quilos você está. E meu anjo, você não preciso de mais nada além disso 

E pra você que julga os outros pelo corpo, um recado em uma categoria só:

 Que Papai do céu te ajude a se amar do jeito que você é, sem precisar criar defeitos nos outros.
Ah, e não se esqueça: Ser magrela não é crime, você não precisa tomar medidas extremas pra ser aceita. Você só precisa se aceitar, olhar nos olhos das pessoas, sorrir e perguntar em alto e bom tom:
"Sou magrela sim, e daí?"
Espere a eternidade pela resposta, porque ela não existe.
Não se esqueça de acompanhar o blog nas redes sociais:
Instagram  Twitter  Facebook  Youtube  Weheartit 

Comente com o Facebook:

81 comentários ♥

  1. Adoração imensa pelo teu texto ♥
    Eu sofro com isso de ser magrinha demais. Não consigo mesmo me aceitar, já tive fases de colocar calça por baixo de calça. É... Mas agora eu estou tomando umas vitaminas e, se tudo der certo, irei chegar no peso ideal.
    Gostei muito do teu blog!
    Um beijo grandão, rs *w*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gi, o importante é a gente se sentir bem! Eu acho mudanças super válidas desde que sejam por você e não pelos outros, entende? Boa sorte <3

      Excluir
    2. Eu também sofro c issu de ser magra, mais uma coisa eu falo, eu amo ser magra amo o meu corpo do jeito q ele é , ñ ligo pros preconceito

      Excluir
  2. Adorei o post, diz muito sobre mim também, mas no caso seria um "Sou gordinha sim, e daí?" rs Se nós não nos amarmos, quem fará? Vc é linda! Beijos ;*

    www.aquela-who.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Bê! Amor próprio é fundamental <3 Beijos!

      Excluir
  3. Amei o post, e percebi a mesma coisa ao longo dos anos. Apesar de ainda querer me desenvolver eu não me sinto mais prendida aos comentários destrutivos, sabe?
    Não acho que você era tão magra haha, eu vou fazer 16 anos tenho 1.63 e peso 39 quilos! Sério, sou muito magra, hahaha
    Parabéns pelo texto, torço muito para que muitas meninas leiam! Vale a pena

    Beijoos

    www.gemices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que visualmente eu sempre fui muito magrela, mas tenho ossos fortes hahahah Obrigada, flor! Beijos

      Excluir
  4. Entendo vc Carol. Na minha pré adolescencia eu sofria comentários maldosos por ser gordinha - baleia jubarte, free willy, etc e tal. Mas aí, graças a Deus consegui emagrecer e muuuitas pessoas ficaram me perguntando sobre dieta haha. Meu desafio hj é comer coisas saudáveis haha

    blogilumiinar.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não conseguiria, Areo hahahah Você é uma menina forte! Beijocas <3

      Excluir
  5. Eu tenho 1,63 e pesava 50kg sim era abaixo do peso para a minha altura mas eu era feliz magra, depois que comecei a namorar e a sair direto pra lanchar ( Hambúrguer, pizza, batata frita, lasanhas, etc ) engordei 4kg e sinceramente não me sinto bem, eu era mais feliz nos meus 50kg, mas a gente vai aprendendo a se conformar, bom eu não estou conformada, eu vou emagrece! Tenho total convicção disso mais em quando estou assim vamos ser feliz :)) Bjão do Um Dia Qualquer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, mesmo comendo tudo isso, nunca consegui engordar hahahah Boa sorte, Let (=

      Excluir
  6. hahah adorei Carol, eu também sou esquelética, e assim como você fui apelidada na escola de tudo quanto é apelido tosco, mais eu não me abalava também não, tenho 1,62 de altura, peso 50kg e meu humor também é :))))

    Eu me amoooooooo do jeito que sou.

    bjokas!!
    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos todas que ser :))))) hahaha <3 Beijocasssss

      Excluir
  7. haha que texto bacana de ler. Vou dizer a vocês, que esse esteriotipo de magrinhas, ou gordinhas, pra alguns meninos isso não vale de nada. Eu mesmo acho menina magrinha muito linda. Mas não me apego muito a isso. Pra mim o que vale é a companhia, a simpatia, a empatia e a alegria. Eita! chega rimou...

    Parabéns Caah!
    Beijoos

    andyverissimo.blogspot.com #BlogdoVerissimo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu, meninas? Você tá mais que certo, Andy... O que temos por dentro é nossa riqueza!
      Beijos!!!!!

      Excluir
  8. Eu sei muito bem o que isso e só Deus sabe quantas noite chorei. Eu implorava vitaminas para minha mãe porem ela nunca deixou eu tomar uma, ela dizia que elas podiam me engordam mas muitas dessas podem ser que não tenham volta, então se eu fosse engordar seria por fazer exercícios, e não porque pessoas falam de mim e eu não gosto.... acabei que tirando essa paranoia, apesar de muitas vezes ter recaida! Eu peso 50kg e tenho 1,67 e muita gente as vezes me chama de pau de vira tripa, mas eu estou bem assim porque eu SOU ASSIM e pronto, quem me ama vai gostar de mim assim, quando eu tiver namorado ele vai gostar de MIM e não do meu peito grande, bunda grande e pernas grossas ele vai gosta da verdadeira Juliana que eu sou

    http://simplesmenteassimj.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Juuuuuuuuuuu!!!!!!! Você é linda! E saiba que sua atitude faz com que as pessoas te admirem muito mais do que só pelo teu corpo ♥

      Excluir
  9. AMEI o seu post! Eu era bem magrela e ouvia bastante, mas engordei e agora tenho que ouvir por isso tambem
    a gente nunca consegue agradar, entao temos que nos libertar! e agradar a nos mesmas :) <3 muito amor esse post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem nessa, Giu! A verdade é que quem gosta de você, vai continuar gostando... Independente do seu peso! Beijocas

      Excluir
  10. Carolzita, estou impressionada! Seu texto está incrível e acredite: Já passei (E de vez enquanto ainda passo) pelas mesmas coisas que você. Sempre fui magrela também e, mesmo quando criança, sempre ouvi das minhas coleguinhas que eu não tinha bunda (Vamos ser sinceras, com 8/9 anos ninguém deveriam estar pensando nisso, né?!). Nunca me importei muito com a falta de peso, só comecei a pensar nisso lá pelos 11 anos também, que, como você disse, é quando todas a sua volta começam a criar "corpo". Foi nesse período que eu também usei muita legging por baixo da calça ou, pior ainda, comprava calças mais largas para que não grudassem nos meus "ossinhos". Confesso, hoje em dia já nem sei mais se eu sou magrela ou só magra, mas ainda ouço coisas. Nem ligo mais para isso, só me incomodo com as roupas de vez em quando (Nem sempre estamos com a autoestima boa, né?). Adorei o seu texto Carol! Quem diz que "fofinhos" sofrem é porque ainda não viveu no osso de um magrelo! Beijos e tenha uma ótima semana :D

    http://maluquice-de-garota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, minha linda <3 Eu, hoje, nem me incomodo mais com as roupas ahahaha O que deu, serviu, o que não deu, azar :( Aprendi a me conformar hahahaha
      Super verdade! Beijocas

      Excluir
  11. Adorei o post Carol! Eu vivo ouvindo as pessoas dizendo que eu sou anoréxica, e isso ou aquilo, mas não gente, apenas é o meu jeito, eu sou magrela mesmo. O chato é ter de ouvir esses comentários, mas, pra ser sincera, comecei a fingir que não os escuto. Pra ser sincera, eu não como muuuito bem assim não, mas eu juro que eu não faço isso por querer, é por não sentir muita fome mesmo. Mas isso é algo que eu vou tentar melhorar esse ano.

    Beijos, Carol
    Girl from Oz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, existem vários remédios inofensivos pra abrir o apetite... É só dar uma pesquisada e consultar o farmacêutico, viu? Boa sorte ♥

      Excluir
  12. Carol eu te entendo. Quando eu era criança era muito magrinha(muito mesmo!) Continuo sendo. Tenho 16 anos,1,57 m e devo pesar mais ou menos 44kg(não me lembro a ultima vez que me pesei) Eu ainda ligo para o que as pessoas pensam ao meu respeito, infelizmente. E isso pelo seguinte motivo: Quando eu estava no oitavo ano, um colega de classe me perguntou se eu era anoréxica. Eu fiquei arrasada, fiquei com aquele pensamento de que todos me enxergavam como uma menina doente.Eu explicava que era minha genética, que ambos os lados da minha família não tinham tendência a engordar, mas entrava em um ouvido e sai pelo outro. Em 2013 na minha classe tinha várias outras meninas magrinhas e eu perdi um pouco dessa minha paranoia. Hoje em dia ainda tem uma menina sem graça que me diz"Nossa seu pulso é tão fino!Parece o de uma criança" e eu viro e falo"Algum problema com isso?" é assim que é a vida. Temos que aprender a conviver com o nosso corpo. A meio o texto, Carol , continue assim.
    http://atraficantedelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos mesmo, Bi! E me diga: Ela respondia quando você perguntava isso? Porque eu ficaria quieta hahahaha O problema é SEU, somente SEU e de mais NINGUÉM!

      Excluir
  13. Que texto hein, Carol! Aplaudindo aqui de pé!
    Fiz um vídeo pro meu canal semana passada falando sobre bulimia e anorexia, e para tal li bastante sobre a beleza ideal segundo a visão de Deus. A mídia nos faz pirar com esses padrões malucos, ela acaba fazendo com que todo mundo não se aceite e pra quê? Apenas para divulgar um produto novo. Mas o que Deus vê em nós? Ele enxerga nosso coração, nosso caráter, nossa conduta... Ele nos acha linda pelo que somos por dentro e quando compreendemos isso deixamos que toda beleza que há lá dentro se reflita aqui fora. O corpo é um espelho do espírito, enquanto formos lindas lá, seremos no exterior também.
    Você é linda, Carol! E ainda bem que entendeu isso ♥
    Tenho certeza que Deus tem muito orgulho dessa garota linda! Que Ele te use para mostrar isso a outras garotas também. Mil beijos :*

    www.princesasadoradoras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, minha princesa <3
      Saiba que Deus tem muito orgulho de você também!

      Excluir
  14. Pleno 2015 e ainda não dá para casar com uma postagem como essa? Como assim, produção?!!!
    Sou magrela também, Carol, já ouvi que o único jeito de eu engordar é engravidando, mas, assim como você, nunca fui de chorar por isso. Adoro ser magra, adoro não ter muito peito (só vejo reclamação de gente que tem muito) e as atrizes que eu acho as mais bonitas eram/são todas assim magrinhas: Audrey Hepburn, Natalie Portman, Keira Knightley...
    Mas a pressão sempre existe. Lembro que parei de olhar a balança dos meus 15 até os 20. Olhei recentemente porque no calor eu não sinto vontade de comer nenhuma e percebi que tinha emagrecido muito. Resultado? 48kg em 1,70. Agora tô controlando a alimentação (para engordar) porque nesse caso foi descuido meu! Mas a verdade é que também amo ser magra, mesmo que aquela calça linda do manequim nunca caiba em mim!

    Muitos beijos!
    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre me inspirei muito na Audrey também, Tici! E amo ser como ela, confesso hahahaha
      Eu estou meio sem fome ultimamente, como você, pretendo cuidar e controlar pra não ficar doente... Mas nossa genética é essa! E a gente ama, fazer o quê? rs

      Excluir
  15. Essa é uma verdade muito importante que muita gente tem vergonha/medo de assumir. Falar do próprio corpo não é fácil, quando se pretende falar a verdade.
    Muitas vezes vejo gente postando foto de academia o tempo todo, a tal da hashtag #rumoaosinistro e daí sempre me vem na cabeça postar uma foto minha com roupa de academia, com um hamburgão na mão e #rumoaoburgerking... mas nunca postei pra evitar conflitos mesmo! haha
    E isso que sou magra, metabolismo acelerado e tal... mas looonge de ter um corpo considerado "perfeito"... da cintura pra cima sou um esqueleto e da cintura pra baixo varia (pois é!), número de calça tá sempre entre 36 e 38...
    E assim, eu fico feliz por variar, mas manter sempre o mesmo peso, o mesmo "formato", independente de qual seja ele... pra mim, isso que é saúde, e afinal "tendo saúde, o resto a gente corre atrás!" xD
    Tá certo que volta e meia eu me fico meio desanimada com alguma roupa, me achando meio desproporcional... mas 10 minutos depois, pego uma roupa que ficou legal e tá tudo certo!
    Muito legal o post, e que mais e mais gente comece a se ver de uma forma positiva, acho que é justamente isso que tá faltando no mundo!
    Beijos! *:
    https://pseudoaleatoriedade.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ludi! Achei a ideia ótimo hahaha Mas creio que geraria conflitos também hahahah
      Concordo com você! Beijos

      Excluir
  16. Muitas pessoas dizem que nós, magrinhos, não sofremos preconceito e que magros precisam parar de mimimi porque está ficando meio. Juro que minha infância eu sempre sofria com os apelidinhos e assim como você eu não deixei as palavras me derrubar. Tenho 17 anos e hoje sofro ainda com essa magreza. Uso calça 36 porque não acho nem com reza brava calça 34. Calça 36 ainda fica folgada em mim e isso me incomoda um pouco. Eu me aceito como sou, isso só veio acontecer depois de várias tentativas frustradas tentando engordar. Adorei seu texto. Inclusive compartilhei lá no facebook.

    ADOREI MUITO TIPO MESMO SUAS FOTOS. Adoro o livro também. Ele me faz lembrar da casa da minha avó. haha

    http://www.pampilho-ordinario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comigo também só aconteceu depois de muuuuitas tentativas falhas de tentar agradar os outros... Obrigada <3 Beijos!

      Excluir
  17. Ei, Carol!

    Eu também sou bem magrinha! Peso 47kg em 1,60 de altura também. A diferença é que eu NUNCA cheguei aos 50 e é esse meu objetivo a anos. Faço musculação para ganhar massa e até hoje consegui apenas manter, porque o meu normal é 45kg. Adoro meu biotipo e sambo na cara das inimigas falando que eu posso comer o mundo e não vou engordar (posso mesmo).
    Gostaria, claro, de ganhar uma massa, mas não sou louca com isso. ;)

    Beijo!

    Marina
    espelhoepassarela.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro poder comer de tudo hahahaha Eu ainda quero ganhar um pouco de massa também, mas nada urgente, e por mim e não pelos outros :) Beijos, flor!

      Excluir
  18. Carol mulher, eu sofria da mesma babaquice HAHA
    Sim babaquice pq não é preciso ser cheinha para ser feliz. Menina parece até que tu descreveu minha vida neste post kkkkkkk'
    Até o final feliz :) Hoje tenho 51Kg, 1,56 de altura e estou muito feliz, já quis sim engordar mais, só que eu estando com a saúde física de boa, estou de boa comigo mesma tbm !
    Amei post e a sinceridade e amei o cabeçalho lindoooooooooooooooooooo <3
    Beijos gaata !

    www.modernaamodaantiga.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada lindaaaaaaa <3 Verdade, se tem saúdo, quer mais o quê? hahahaha Beijocas

      Excluir
  19. Amei o seu texto, fiquei muito feliz quando o li! Também sou magra, desde pequena. Já fui chamada de folha de papel e palito de dente até por adultos. Hoje peso 42 e tenho 1,56 de altura. Parei com o "quero engordar" e agora estou MUITO feliz com o meu corpo! :D

    ResponderExcluir
  20. Carol, eu tenho 1,65 e tenho o mesmo peso que você! Muitas pessoas entram em choque quando me vêem já que eu sou bem magra para a minha altura, eu me preocupava mais quando era pequena, já que os familiares sempre ficam "Nossa como essa menina esta magra" "Como o olho dela é fundo" então várias vezes passei por MILHARES de médicos para ver se eu tinha algo de errado, e todos falavam que eu tinha a minha altura e peso suficientes para a minha idade e era completamente normal! Então, eu larguei de mão! E nunca liguei para isso também, ao contrário de ti, na minha infância eu era zuada por ser gorda e não ter peitos, e então inverteu tudo completamente e agora quero dar fortificada (Tenho medo de quebrar no meio OSIADHOHDOHAS) e quero diminuir meus seios!! Ufaaa! Mas eu nem ligo de quer magra sabia? Só não curto muito as minhas pernas, mas isso academia sempre da jeito! Mas nada do que eu fiquei chorando dias e dias, eu apenas acho que devo melhorar e se não der para melhorar, ainda assim amarei meu corpo demais <3

    http://duda-nogueira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dudinha linda, a mudança é sempre válida desde que seja por nós, e não pelos outros <3 Boa sorte pra você, também ando querendo engrossar minhas perninhas pra aguentar os trampos da vida hahaha Beijocas

      Excluir
  21. Adorei o post. Eu não me aceitava muito bem quando era criança, mas quando comecei a trabalhar como modelo eu vi que isso não era um mal, e sim um a ótima qualidade. A verdade é que todas nós somos perfeitas do nosso jeito, desde as magrelas até as gordinhas.

    Beijos | www.blogdagica.com

    ResponderExcluir
  22. Adorei o texto! Também sou muito magra e sofro com comentários maldosos. Às vezes as pessoas falam brincando, mas machuca ser chamada de anoréxica. É bom saber que não estou passando por esses problemas sozinhas.

    ResponderExcluir
  23. Amei o post!! *-*
    Quando eu estudava na oitava série, eu me achava muito, muito gorda e feia. E realmente eu me achava gorda, mais não me chateava ser assim. O que me deixava triste eram os comentários das pessoas mesmo :/
    hoje eu mudei muito, mais com os amigos que fiz, tenho certeza que podia ser gorda ou magra. Que eles me amariam mesmo assim (:
    achei lindo seu texto! Realmente somos lindas (os) como somos, e sem se preocupar com peso. Amei seu blog <3

    sonho-oriental.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Tay! E isso é super verdade, quem ama a gente nunca vai se importar com nosso corpo! :D

      Excluir
  24. Carol o seu texto está incrível, eu também sofri na minha pré-adolescência, quando as minhas amigas estavam se desenvolvendo e eu parecendo uma tábua, sempre segurando vela e sobrando pelos cantos, foi a pior fase (acho). As pessoas tem mania de achar que estamos doentes, por sermos magras, mas assim como você, graças a Deus meus exames sempre tiveram bons resultados. Hoje sou casada, tenho uma filha de 7 anos, peso 44 kg, tenho 1.63 cm e tenho 28 anos, apesar de querer pernas mais grossas, hoje tenho mais amor próprio do que naquela época. Também fiz um texto sobre o mesmo tema no meu blog...
    Beijos!

    www.vanviroumodinha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li seu texto, Van! Achei incrível <3 Que bom que hoje você se ama!

      Excluir
  25. Também sofria muito na escola por ser magrela. Hoje, no alto de meus 21 anos, 1,63m e meus eternizados 50 Kg, consigo ser feliz comigo mesma. Não estou mais no peso eternizado porque estou grávida então dei uma engordadinha, graças a Deus. Acredite... Ser magra durante a gravidez também é motivo de ser criticada. Até o sexto mês de gestação, que passou recentemente, eu pesava 52 Kg, mas eu e meu bebê estávamos perfeitamente saudáveis. O que incomodava as pessoas? Minha falta de barriga enorme de grávida, a falta de ficar com as pernas todas inchadas. Pois é. Tem padrão pra grávida também, mas isso é outra história.
    Acredite em mim: você é linda da forma que é e só será realmente feliz quando se aceitar do jeitinho que Deus te fez. Te garanto que tem um garoto especial, aquele que está esperando por ti, que ama meninas magrinhas e com pernas finas.
    Um grande beijo

    http://vidasempretoebranco.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que amor! Que seu bebê nasça tão lindo quanto a mamãe <3
      Acredito nisso, Lary! Amém!

      Excluir
  26. Carol, também sofri toda minha vida, mas por ser gordinha. Nasci prematura com menos de 1kg, e o sonho da minha mãe era me ver com um peso de fofinha hahaha Sofro desde os quatro anos com isso, foi eu entrar no colégio e só tinha gente pra me atazanar ¬¬'' Sei que não importa se a gente é magro ou gordo, bonito ou feio, porque sempre tem alguém que vai falar, mas ainda me incomodo um pouco, sabe? Toda minha vida fui aquele tipo que liga pro que os outros dizem, e demoro pra aceitar elogio mesmo hoje. Não sei se comecei a me aceitar mais do jeito que sou, porque tenho muito a trabalhar sobre mim, mas acho que hoje melhorei. Adorei o post! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A transição nunca para, Le! A forma como olhamos no espelho varia a cada dia, praticar o amor próprio é árduo, mas os resultados são gratificantes <3

      Excluir
  27. Também sou magrinha, peso 42 e tenho 1,63 de altura mas hoje não me preocupo mais com o que pensam sabe? teve um tempo que eu pensava que só poderia usar determinada roupa se eu pesasse "x", e o pior é que muitas vezes não queria sair nas fotos pois me achava feia, e os comentários maldosos so pioravam, mas então decidi para de me preocupar com essas coisas, ja tentei engordar mas não consegui e vou seguir minha vida normalmente e o melhor de tudo feliz!
    primaverade99.wordpress.com

    ResponderExcluir
  28. Menina texto maravilhoso, eu também usava duas calças para parecer que tinha mais corpo. Eu sofri tanto, as pessoas diziam: Você é desnutrida, você esta muito magra, você esta doente. E eu só chorava, bebi vários remédios mas nenhum me ajudou muito. Hoje já estou mais feliz com meu corpo, tomara que eu supere como você superou. Bjs http://cantinho-da-ivony.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. "Sabe por quê? Porque sempre tem alguém pra defender uma mulher acima do peso que foi chamada de gorda, mas nunca uma abaixo do peso que foi chamada de magrela."
    CAROOOOOOOOOOOOL, ME ABRAÇAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!
    Cara, eu peso 44kg e tenho 1,71, imagina?! Sempre senti exatamente a mesma cosisa, ouvi os meus tipos de apelidos, e minhas pernas são exatamente iguais às suas. A diferença é que tenho 11cm a mais, então sou só pernas hahah
    Muito legal ver que tem gente que nos entende, já tive um período bem ruim em relação ao meu corpo, mas hoje sou totalmente feliz e satisfeita, graças a Deus! Beijinhos *3*
    48janeiros

    ResponderExcluir
  30. Falou tudo Ca! Eu não sou tão magrinha, mas meus amigos sempre resenharam de mim, ainda mais que cresci antes de tudo mundo, no começo não ligava, mas depois fica bem chato.Mas depois eu cresci e passei a gostar do meu corpo assim mesmo assim como ele é! Ontem mesmo eu estava conversando com duas amigas que são meio cheinhas, mas que me contaram que também não gostavam do próprio corpo antigamente e a gente começou a falar sobre como nós só vamos ter esse corpo nessa vida e temos que nos gostar assim mesmo, eu fico pensando aqui como seria bom se ninguém cobrasse ao outro certo padrão de corpo, se as pessoas valorizassem mais o conteúdo do que a embalagem.
    Beijos!
    Deus te abençoe!


    http://rodadovestido.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Eu sou mt magra tenho 158 e peso 40 kg ja diz de tudo,e agr me encontro sem jeans pq na altura visto 16 e na largura 10 meus amigos me defendem mas ja fiz de td ate agachamento com livros minha coxa nao chega a 42 cm a panturrilha de mts depois de anos de tentativa de auto aceitaçao estou conseguindo e esperimentando umas 20 calças jeans por semana

    ResponderExcluir
  32. Eu entendo Carol eu tenho orgulho de ser magrela pq deus me fez assim






    ResponderExcluir
  33. Falou tudo o que penso. Eu tenho 1,56 e 43 quilos, sou muito crítica, tem pessoas que perguntam se estou doente eu fico pe da vida com isso, eu me amo e se os outros não se amam e perdem tempo cuidando na minha vida problema deles. Ps: tem homens que amam magrinhas ^^

    ResponderExcluir
  34. Lindo texto e você está certíssima!!!
    No meu caso tem uma diferença: Eu sempre me aceitei,e me aceito. Me acho bonita dessa forma e sou saudável. O problema é que meus pais e algumas pessoas parecem não me aceitar. - E isso me magoa muito. Minha mãe parece querer que eu tenha peitões,bundão,pernonas... Faz comparações com algumas meninas. Me diz como deve ser meu corpo,quando na verdade estou saudável e me sinto feliz com ele. E não adianta dizer isso a ela,simplesmente por ela achar que estou falando isso da boca pra fora,só pra não dizer que estou errada. MAS ISSO NÃO É VERDADE! EU SOU FELIZ DESSE JEITO! EU ME AMO!

    ResponderExcluir
  35. E eu tbm sou magra e todo mundo me chamam de magrela mais e dai ,eles favam ter q se acostumar comigo ,pq eu nao vou mudar so pq eles querem

    ResponderExcluir
  36. Nossa, me identifiquei muito! Peso 40kg e sofri muito preconceito. Eu gostava mesmo de mim do jeito que estava, mas ouvir que ninguém iria me querer sendo do jeito que sou, isso baixava a auto-estima de qualquer um!

    ResponderExcluir
  37. Ooii Carol, tava procurando no Google, frases, algo que me animasse, animasse, sabe?
    Não vou fazer um texto, mais vou falar algumas coisas, pra desabafar, porque não tenho alguém além de Deus pra fazer isso.
    Sou magra, queria engordar, mais acho que é genético, pois como de tudo.
    Tenho 14 anos, use calça de baixo da jeans,tenho vergonha ss, nem minha mãe sabe, vou na loja compro roupas de 36 cabem sabe mais ficam folgadas um pouco, tenho que mandar arrumar, evito comprar calça, short, uso mais saia, mais amo short e tal, tenho vergonha, não sou muito soada, não ligo muito, mais as vezes ligo e acabo chorando em casa, peso a Deus ele me conforta, mais sabe depois volta, eu não ligo pro que os outros pensam, sou eu, eu não gosto assim, sei que tem pessoas que não tem perna, braço ou etc... Mais....
    Obrigada, seu texto me ajudou, vou tentar me assumir do jeito que sou. Obrigado mesmo. Que Deus te abençoe.. Muiiito Obrigado

    ResponderExcluir
  38. Oi Carol, aqui estou eu com 1,66 e 49 kg! isso me incomoda muito e por isso decidi que a partir do ano que vem vou mudar a alimentação e fazer academia, isso me faz muitíssimo mal. Beijinhos =)

    ResponderExcluir
  39. Me identifico com vc Carolina, na verdade não te acho muito magrinha, eu tenho 1,55 e 37kg, às vezes fico triste por ter que ajustar todas as minhas roupas e com os comentários de outras pessoas, porém estou tentando me aceitar!
    Bjs ��

    ResponderExcluir
  40. Você está certa mas o problema é que eu sou magra dms e eu não consigo me aceitar do jeito que eu sou, to passando por tudo isso que vc escreveu , tipo eu coloco mais de três calças por baixo já coloquei mais de um sutiã e mais eu eu me olho no espelho e me vejo como outra pessoa que não sou eu, e com isso de que td mundo da minha sala tem mais corpo que eu eu fico triste, meu auto estima é muito baixo eu tbm me acho feia mto auta e magra..

    ResponderExcluir
  41. Você está certa mas o problema é que eu sou magra dms e eu não consigo me aceitar do jeito que eu sou, to passando por tudo isso que vc escreveu , tipo eu coloco mais de três calças por baixo já coloquei mais de um sutiã e mais eu eu me olho no espelho e me vejo como outra pessoa que não sou eu, e com isso de que td mundo da minha sala tem mais corpo que eu eu fico triste, meu auto estima é muito baixo eu tbm me acho feia mto auta e magra..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. doce! Eu tenho esse código créditos IMVU totalmente livre! Eles estão dando-lhes aqui http://imvucreditsgenerator.com

      Excluir
  42. Oooi carol amei seu post parecida comigo, porém eu tenho 1.60 de altura e peso 46 kg, qria muito chegar nos 50kg mas deixo nas mãos de deus se for pra eu engordar tudo bem se for pra ser magrinha melhor ainda... até prq onde a gorda vai a magrinha vai e ainda desfilando haha bjs!!

    ResponderExcluir
  43. Passo por isso todos os dias. Sou magra por genética da minha mãe e o que mais me dói é a MINHA PRÓPRIA FAMÍLIA falando essas coisas de mim. Me chamam de fininha, magrela e outros apelidos que nós magras temos. Não sei nem mais o que fazer mas seu texto te ajudou e muito.

    ResponderExcluir
  44. Passo por isso todos os dias. Sou magra por genética da minha mãe e o que mais me dói é a MINHA PRÓPRIA FAMÍLIA falando essas coisas de mim. Me chamam de fininha, magrela e outros apelidos que nós magras temos. Não sei nem mais o que fazer mas seu texto te ajudou e muito.

    ResponderExcluir
  45. Passo por isso todos os dias. Sou magra por genética da minha mãe e o que mais me dói é a MINHA PRÓPRIA FAMÍLIA falando essas coisas de mim. Me chamam de fininha, magrela e outros apelidos que nós magras temos. Não sei nem mais o que fazer mas seu texto te ajudou e muito. Acredita que até pouco tempo eu usava duas calças jeans? Tipo, uma mais fina por baixo e a que eu queria usar por cima só pra minhas pernas ficarem "menos fina" também.

    ResponderExcluir
  46. Tenho 22 anos, não seI a minha altura ,peso 46 quilos ,sofro muito bulling por causa da minha magreza �� os apelidos então , parecem que tem criatividade pra colocarem apelidos em mim ,até de travestis eu já fui chamada
    Eu queria muito ter o meu corpo padrão igual das outras meninas ,tenho 22 anos mais nem parece tem gente que me dar 15,16 e 17 anos.Are o meu ex marido colocava apelido besta em mim,não é todo tipo de roupa que eu uso,não gosto muito de jeans,uso roupas que desfarcados mais a minha magreza ,tipo vestido saia de cintura alta frocha ��

    ResponderExcluir
  47. É vi me senti bem pq ficam me chamando de magrelinha e de desnutrida

    ResponderExcluir
  48. Sempre sofri bullying por ser magra...desde a adolescência e até hj na idade adulta...a diferença é que antes eu sofria e chorava...e hj eu não estou nem ai pra essas pessoas preconceituosas...estou bem comigo mesma e posso comer o q eu quiser e continuar usando 36, 38 ou 40 ...tem coisa melhor?

    ResponderExcluir
  49. Eu peso 45kg e tenho 1,75 de altura😕

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!