09 março 2015

Eu e o seu fiu-fiu

É difícil de entender como a cabeça de um homem funciona. Lá na minha terra natal, em Santa Catarina, todo dia em que eu ia andar no centro tinha algum episódio do famoso "fiu-fiu". Não que eu seja toda aquela coisa, mas eu sou mulher, né? Pra eles, só basta isso. A questão aqui não é o que sai da boca do homem, mas como isso chega até mim e me afeta.


Sabe, cara, não é legal... Não mesmo! Se você acha que essa sua atitude está levantando a moral de uma mulher, saiba que está muitíssimo enganado. Há formas mais delicadas e apreciadas (por nós) para admiração, sabia? Você realmente não precisa me chamar de "gostosa" no meio da rua com várias pessoas ao meu redor. Isso faz com que eu me sinta um objeto. 

Sinto na obrigação de dizer que não estou falando do ponto de vista feminista, mas sim do ponto de vista feminino! Como essa atitude me humilha e me faz querer chorar... Se você acha que sou uma dentre milhões, sinta-se completamente enganado... 4 em cada 5 mulheres se sentem incomodadas ao receberem este tipo de cantada durante uma simples caminhada na rua

"Andava a pé até a academia quando tinha 15 anos. Como, com o tempo, comecei a ficar muito incomodada com as cantadas, olhares, motoqueiros buzinando, acabei decidindo colocar uma calça de moletom e uma camiseta por cima da roupa de academia".

"Escolho minhas roupas todos os dias pensando nos lugares por onde vou andar, que ônibus vou pegar para evitar cantadas".

Esses são depoimentos obtidos na pesquisa do site Think Olga com 7.762 mulheres em 2013 para a campanha Chega de Fiu Fiu.


Primeiro: Meu nome não é fiu fiu. 
Segundo: Você não está me elogiando, 
está me depravando. 
Terceiro: Para, que tá feio.

Eu gostaria de poder passar por um corredor cheio de homens com a certeza de que eles não olhariam pra minha bunda... Você consegue imaginar essa cena? É quase que impossível. Por diversas vezes, um jeito de olhar acaba se tornando mais ofensivo que um "e aí, delícia?". Quer elogiar uma mulher? Use os mesmos argumentos que você usaria com a sua mãe. 

Comente com o Facebook:

29 comentários ♥

  1. Caraca! Arrasou! Eu adorei seu texto.. é a mesma coisa sempre e a gente vive com esse sentimento de aflição! Que coisa chata! Mas você arrasou em.suas palavras. Parabéns, estamos representadas.
    Beijao

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol
    Te indiquei pra responder a TAG Livros Opostos.
    Olha lá no blog pra entender e participar!
    Beijos!!!
    http://aartedelouvar.blogspot.com.br/2015/03/tag-livros-opostos.html

    ResponderExcluir
  3. Caa,
    parabéns pelo texto.
    Infelizmente alguns homens tem déficit de inteligência pra entender isso e acham que esse tipo de cantada é bem vista pelas mulheres.

    Beijo,

    Andy
    Blog do Veríssimo
    andyverissimo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Meninaaaaaaa! O melhor texto que li na vida! Arrasou! Espero que os rapazes leiam e comecem a pensar de modo diferente.

    Tá na hora deles pararem de pensar que somos um objeto.
    Beijos da Lali ♥

    ResponderExcluir
  5. Falou tudo, Carol! Sabe? Eu detesto receber "cantadas" na rua, nos dias que estou estressada xingo mesmo. Mas sei que tenho que ignorar. Homens desse tipo não merecem a atenção de mulher nenhuma.

    Blog Segura-me

    ResponderExcluir
  6. Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
    é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
    Tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita.
    Ficarei radiante se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais, saiba que sempre retribuo seguido
    também o seu blog. Minhas saudações.
    António Batalha.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/
    Peregrino E Servo.

    ResponderExcluir
  7. Destruiu todos os forninhos com esse texto .Concordo com você em TUDO .
    Não consigo entender como alguns homens acham que esse tipo de comentário aumenta a auto estima de uma mulher . Seria muito interessante se eles se colocassem no lugar da mulher , sera que eles gostariam de ser chamados de "gostosos" ouvir "fiu fiu" entre tantas outras coisas ?
    Parabéns pelo teu texto ♥
    Histórias e outras Drogas

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo post ! Merecemos ser tratadas com respeito !
    Beijos U&B
    Adriana e Cláudia
    www.unhasebocas.blogspot.com.br
    Instagram @blogunhasebocas
    https://www.facebook.com/pages/Unhasbocas/477832645611169?fref=ts

    ResponderExcluir
  9. Sério mesmo "Isso é Terrível" quantas vezes eu vinha da acadêmia a noite e passava por uma rua e os homens ficavam com essas "admirações" ridículas, e olha que usava uma calça , sério pensava dez vezes antes de passar em certa rua pra não ter que ouvir esses idiotas e meio que ver eles olhando pro meu corpo.
    Muito chato isso Carol !
    Adorei o Post, Parabéns pelas Palavras ♥
    Beijos ♥ O Melhor de Mim

    ResponderExcluir
  10. Verdade, hein!
    Quantas vezes deixei de usar determinada roupa ou frequentar determinado local por medo disso. Até perdi a conta.
    Infelizmente os homens continuam sendo criados para isso, para ver a mulher como um objeto e para não controlarem esses impulsos bobos e idiotas.
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Me identifiquei muito comma opinião da garota que iampra academia de calça de moletom e camiseta larga por cima, porque foi exatamente o que eu fiz. Estava cansada de caminhar e sentir todos os homens olhando pra minha bunda, me sentia um legítimo objeto. Adorei seu post, e concordo com tudo o que você disse. Um beijo.

    www.diariosmolhadoss.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eu não ligo. Entre aspas. É muito chato e dá medo quando alguém estranho mexe comigo.
    http://www.mundodafani.com/

    ResponderExcluir
  13. Cantadas são problemáticas.
    Eu me sinto coibida sempre em passar no lugar que existem muitos homens, sinto que se o estupro não fosse crime a maioria faria isso é preocupante e nojento. Pior que a maioria de nós foi criada de uma forma que isso é normal/comum...

    ResponderExcluir
  14. Eu não gosto rs

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  15. Carol, conhecendo seu blog agora que liiiindooo!!! E sobre o texto gostei! é bem incomoda essa situação.

    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  16. Parabéns pelo texto, gostei muito de tudo que você disse e concordo. As vezes na rua quando tem um grupo de meninos tenho até medo de passar acabo tentando desviar e ir para o outro lado só por causa disso. Acho muito horrível mulheres tendo que mudar sua roupa só por medo de assedio, isso tem que parar!

    Please Mademoiselle

    ResponderExcluir
  17. Carolinda, tudo bom minha linda?
    Fiquei feliz por ter vindo visitar seu blog e essa postagem ainda ser uma das primeiras, pois queria muito mesmo ler e vi comentar. Como você disse no texto, não é algo gostamos, quando isso acontece comigo, sinto vergonha, quero sair correndo, quero me esconder, pois a última coisa que me sinto é bonita ou desejada, sem contar que vem aquela onda de nojo. Essa semana mesmo eu estava andando na rua, e um cara em um carro parou e começou a despejar palavras, eu entrei em pânico e corri [isso mesmo, corri] para dentro de uma loja, comecei até a suar de nervoso. Isso me lembra sobre a discussão das roupas das mulheres, e essa foi uma discussão que deu muita dor de cabeça, porque ai, os homens resolveram falar e a briga mesmo começou. Cadê os homens de verdade com elogios de verdade, Carolzinha? :'(( Não vou mentir que quando me arrumo para ir no centro da cidade, me visto o mais simples possível, pois quero passar despercebida!

    Beijinhos,
    www.percepcoes.blog.br

    ResponderExcluir
  18. Tudo muito verdadeiro nesse texto Carol ! Não gosto nenhum um pouco dessa situação, isso só me faz não querer nem olhar para a cara do rapaz que o fez. Homens de verdade sabem elogiar sem depravar e sem constranger ! Amei o post !
    Beijos

    www.modernaamodaantiga.com.br

    ResponderExcluir
  19. Carol, que post ótimo! Essas situações são muito ruins, ninguém merece ter de passar por isso, e infelizmente é algo constante. As vezes eu me estresso tanto com isso que acabo respondendo, meio que xingando, pode não ser o certo a fazer, mas tem vezes que nosso humor já não tá bom né... Enfim, concordo 100% com tudo que você disse.

    Beijos,
    http://www.girlfromoz.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Carolzita! Você resumiu em um texto tudo o que eu sinto sobre esse tal "fiu fiu"! Confesso, eu tenho um lado feminista. E muitas vezes ele é bem forte, pelo menos nesse quesito. Não só acho ridícula essa atitude que muitos homens possuem, como também acho uma completa falta de respeito! Além disso, é uma completa ofensa, pelo menos para mim. Toda vez que passo por uma obra que está acontecendo perto da minha casa fico receosa e me encolho ao máximo, como se assim eu pudesse passar despercebida ou invisível. Qual a necessidade de gritar coisas 'ofensivas' no meio da rua? Poxa, eu vou precisar ficar atravessando a rua para "despistar" esse tipo de situação? Enfim, você falou tudo! Muita gente precisa ler isso. Beijos e tenha um ótimo sábado!! :D
    Maluquice de Garota
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir
  21. Nossa, como eu odeio isso! Tão desnecessário! O pior é que quem fala essas palavras estúpidas, acha que tá arrasando. Arrasando a nossa moral, só se for! Até hoje nunca deixei de usar alguma roupa por causa disso, mas acho que é porque não uso roupas decotadas nem muito curtas. Mas a questão é: e se eu usasse, teria que parar por causa DISSO? Que coisa absurda. O texto ficou ótimo! Beijos

    www.minhadistracao.com
    youtube.com/xbekaxxx

    ResponderExcluir
  22. Ótimo post Carol, realmente assim como tudo tem seus lados, existem sim, mulheres que gostam, mas em sua maioria não! Eu odeio e me sinto super mal, fico até com raiva hahaha =/

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  23. Muuuuuuuuuito bom texto! Salvo nos favoritos, com certeza... aqui na faculdade mesmo, vejo essa BABAQUICE todos os dias. Se vc n se importa, vou compartilhar seu texto. É um ato nojento, que nos afronta, desrespeitoso. Um beijo!

    www.eunomadiando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Gostei tanto do post que te recomendei na minha ultima publicação =) se quiser ver é só entrar nesse link: Eu.Nomadiando


    Um beijo!

    ResponderExcluir
  25. Falou tudo!
    Sem partir para agressão, mas dá vontade é de dar um tapa no cara que fez isso não dá?
    É uma falta de respeito, vc fica se sentindo péssima e eu de verdade, mostro o dedo do meio, não me aguento! Hheehehehe!

    Adorei e super concordo com o post!
    Parabéns!

    Eu, Tu, Nós | http://eutunos2.blogspot.com.br
    Bjoos!

    ResponderExcluir
  26. Belo texto, Carol!

    É realmente uma falta de respeito e de consideração com todas as mulheres. Fico pensando da onde que essa pessoa saiu? Não foi deu uma mulher? Ele tem mãe, talvez tenha irmã e possivelmente irá ter filha.

    ResponderExcluir
  27. Essa situação é realmente chata, só de imaginar me deixa meio enjoada.
    Isso não acontece muito comigo, graças a Deus. E eu espero que continue assim.
    Para mim, elogio não tem nada a haver com esse "fiu-fiu", que deixa qualquer uma constrangida. Eu, hein!
    Amei o texto!
    Beijos,

    http://clubeleitorassumidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Amei o post, até quando seremos vitimas desse descaso que são os homens sem respeitos? fico indignada com isso, já deixei de passar por um lugar com vergonha desse assédio porco.

    Beijos e já estou seguindo.

    Blog da Joanna

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!